Não sei quem é (Mario Benedetti)

É provável que venha de muito longe
não sei quem é nem a onde vai
é só uma mulher que morre de amor
nota-se em suas pétalas de lua
em sua paciência de algodão/ em seus
lábios sem beijos ou outras cicatrizes/
nos olhos de oliva e penitência

esta mulher que morre de amor
e chora protegida pela chuva
sabe que não é amada nem nos sonhos/
leva nas mãos suas carícias virgens
que não encontraram pele onde pousar/
e/ com o passar do tempo/ sua luxuria
derrama-se em um pote de cinzas.

(Tradução de Maria Teresa Almeida Pina)

» Biografia de Mário Benedetti

No sé quién es
Mario Benedetti

Es probable que venga de muy lejos
no sé quién es ni a dónde se dirige
es sólo una mujer que se muere de amor
se le nota en sus pétalos de luna
en su paciencia de algodón/ en sus
labios sin besos u otras cicatrices/
en los ojos de oliva y penitencia

esta mujer que se muere de amor
y llora protegida por la lluvia
sabe que no es amada ni en los sueños/
lleva en las manos sus caricias vírgenes
que no encontraron piel donde posarse/
y/ como huye del tiempo/ su lujuria
se derrama en un cuenco de cenizas.

Sobre Maria Teresa Pina

Nasci em 27 de dezembro de 1962, em São Paulo, e me formei bibliotecária em 1983 pela Escola de Sociologia e Política - Faculdade de Biblioteconomia de São Paulo. Apesar de não exercer mais a profissão, nunca perdi o interesse pela pesquisa/informação e pelos meios de comunicação.
Esta entrada foi publicada em Mario Benedetti e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

3 Responses to Não sei quem é (Mario Benedetti)

  1. Jane Joice Gimenes disse:

    …Mario Benedetti trazia nos olhos toda mansidão das águas de um lago…suas mãos, … suas mãos deixaram registrado todo sentimento de um homem encantador…Aos 88 anos, sua imagem é a mais cativante e sedutora – no sentido sublime do olhar de uma admiradora.
    Que bom encontrá-lo aqui e reviver poemas que marcaram minha vida!
    Parabéns.
    Luz e Paz

  2. Janio Lima disse:

    Mario Benedetti foi e sempre será o batalhador de Peso de Los Toros conhecido pela arte mais dificil a de poetizar que nas suas mãos foram algodões doces para o labio do leitor dominado pelos suas palavras verdadeiras.

    Entre Mario Benedetti e o mundo poetico nunca havera TREGUA porque no Uruguai e em todo mundo ele será eterno.

  3. Conheci a Don Mario Benedetti, um homem simples, cordial, tranquilo e fiel as suas ideias. Lutou com sua pluma contra a Ditadura Militar Uruguaya. Todos os sabados, religiosamente, estava no Café na esquina da Calle San José com Cuareim, em Montevideo, sentado sempre à mesma mesa, com a mesma tranquilidade e simpatia a todos que chegavam para cumprimentá-lo. Não importava que seu almoço esfria-se, o importante era o ser humano que esperava receber “um boa tarde, obrigado, um prazer, até breve”…. Nasceu em Paso de Los Toros, cidade do Departamento de Tacuarembó-Uruguay. Sempre orgulhoso de suas raízes… Um homem que trazia a poesia nas suas palavras, nas suas mãos e no seu olhar sempre cheio de vivacidade e paz ! Benedetti…. pertence ao mundo, e sua poesia ao Universo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *