Maria Teresa A. Pina

Nasci em 27 de dezembro de 1962, em São Paulo, e me formei bibliotecária em 1983 pela Escola de Sociologia e Política – Faculdade de Biblioteconomia de São Paulo. Apesar de não exercer mais a profissão, nunca perdi o interesse pela pesquisa/informação e pelos meios de comunicação. Em 1998, comecei a estudar espanhol e ao longo do curso, com a identificação com a língua, adquiri o hábito de traduzir músicas e poesias de que gostava e depois para colaborar com o site de poesia feminina que minha irmã organiza (Mulheres que amo). Com a gratificação pessoal que essas traduções traziam e a relativa facilidade em fazê-las, surgiu a ideia da criação de um blog sobre poesia de origem latina. Por acreditar que a língua é um meio em eterna mutação, conto para este trabalho com a colaboração do meu professor de espanhol, Héctor Zanetti.

2 respostas a Maria Teresa A. Pina

  1. luis angel dos santos disse:

    A tradução do poema “Te quiero” de Mario Benedetti por Maria Teresa A. Pina está excelente. O único senão é que “querer” em espanhol, no contexto, tem o sentido de “amar”. Em espanhol não é costumeiro usar o “te amo” e sim o “te quiero” com o mesmo sentido. Curioso é que em português, ao contrário, o “querer”, embora correto é bem menos romântico (talvez tenha um sentido mais sexual, “desejar”) do que “te amo”. Saudações.

  2. Muito bom adorei

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *