Joias de família

Zulmira Ribeiro Tavares
Cia das Letras

Maria Bráulia Munhoz vive sozinha em seu apartamento no Itaim Bibi. Ela é viúva do juiz Munhoz, um homem bem mais velho. Agora quem lhe faz companhia é Maria Preta, a empregada, e do sobrinho Julião Munhoz, seu secretário oficioso.

A viúva relembra com ironia e certo sarcasmo os detalhes de seu casamento. De início ela imaginara que se instalar com um marido numa casa, inauguraria uma vida de liberdade e descobertas trepidantes.

No entanto, constatou que a vida de casada podia ser uma sucessão de formalidades, e que em suas noites de luzes apagadas pouquíssimas coisas se passavam.

Suas frustrações e sua imaginação trançaram relações entre o juiz, seu secretário particular, o joalheiro da família e ela própria.

Aos poucos tudo foi se transfigurando numa espécie de jogo de erros conduzido pela ironia. As verdades foram vindo à tona ao passo que naufragava a amável – e aborrecida – mesmice da vida na casa familiar. Ápice do processo, a viuvez instaurou, enfim, uma Maria Bráulia soberana sobre seu império doméstico.

“Outras Palavras” é o programa de literatura de Levi Bucalem Ferrari na Rádio Cultura Brasil.
Esta entrada foi publicada em ESTANTE e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.