Veronica Stigger – Gran Cabaret Demenzial

Este é o segundo livro da contista gaúcha Veronica Stigger e sua narrativa é provocante e perturbadora.

Revela um erotismo quase escatológico, além da ironia, tratando acontecimentos violentos com distanciamento patético e humor corrosivo.

Domitila, personagem do primeiro conto, segue tranquilamente sua rotina, mesmo depois de perder dois dedos ao batê-los num poste, quebrar o antebraço num outro acidente e perder o braço ao tentar dar um tapa numa árvore.

Em outro conto, “Cubículo”, o absurdo é um casal que mantém sua preocupação com o espaço para os livros ao se mudar de um apartamento para um banheiro, e do banheiro para uma privada, e da privada para um intestino.

A autora escreveu seus livros concomitantemente às pesquisas que realizou para seu doutorado em História da Arte, no qual analisa as relações entre arte, mito e rito na modernidade.

O projeto gráfico bastante criativo é do artista plástico Eduardo Verderame.

“Outras Palavras” é o programa de literatura de Levi Bucalem Ferrari na Rádio Cultura do Brasil.

Sobre levi

Poeta, ficcionista, ensaísta, sociólogo e professor universitário. Presidente da UBE - União Brasileira de Escritores, diretor do Sindicato dos Sociólogos de S. Paulo e Presidente do IPSO - Instituto de Pesquisas e Projetos Sociais e Tecnológicos. Integra a Coordenação do Movimento Humanismo e Democracia e o Conselho de Redação da Revista Novos Rumos. Foi Presidente da ASESP – Associação dos Sociólogos do Estado de São Paulo, Administrador Regional de Santana -Tucuruvi (SP). Coordenador da Proteção dos Recursos Naturais do Estado de São Paulo. Livros Publicados: Burocratas e Burocracias (ensaio, SP, Ed. Semente, 1981); Ônibus 307 – Jardim Paraíso (poesia, SP, Muro das Artes, 1983); A Portovelhaca e as Outras (poesia, SP, Paubrasil, 1984). O Seqüestro do Senhor Empresário (romance, SP, Publisher/Limiar, 1998); O Inimigo (contos, Limiar – SP, 2003). Recebeu o Prêmio de Revelação de Autor da APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte e outros. Publicou diversos artigos, contos, crônicas, poemas e resenhas literárias em coletâneas, jornais e revistas.
Esta entrada foi publicada em ESTANTE e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.