CRÔNICAS DA PROVÍNCIA DO BRASIL

Manuel Bandeira
Coisac & Naify

Publicado originalmente em 1937, este livro revelou um cronista que até hoje corria o risco de ficar escondido na sombra de um grande poeta. Estou me referindo a Manuel Bandeira.

Ainda hoje, essas 47 crônicas surpreendem. Mais que um saboroso livro de prosa, os textos compõem um retrato agudo da modernização da sociedade brasileira da primeira metade do século XX.

O livro impressiona tanto pela diversidade quanto pela unidade de tom que o autor buscou para retratar o que ele chama de ‘província do Brasil’. Os diversos tipos de crônica mostram os contornos maleáveis do gênero. Ora se aproximam do ensaio erudito, ora da ‘conversa fiada literária’, meio lírica, meio anedótica.

Tratando dos mais variados assuntos – arquitetura, artes, cultura popular, personalidades – o livro mantém a unidade no conjunto, justamente pela prosa coloquial e corretíssima do autor.


“Outras Palavras”, programa de literatura de Levi Bucalem Ferrari na Rádio Cultura Brasil.

Sobre levi

Poeta, ficcionista, ensaísta, sociólogo e professor universitário. Presidente da UBE - União Brasileira de Escritores, diretor do Sindicato dos Sociólogos de S. Paulo e Presidente do IPSO - Instituto de Pesquisas e Projetos Sociais e Tecnológicos. Integra a Coordenação do Movimento Humanismo e Democracia e o Conselho de Redação da Revista Novos Rumos. Foi Presidente da ASESP – Associação dos Sociólogos do Estado de São Paulo, Administrador Regional de Santana -Tucuruvi (SP). Coordenador da Proteção dos Recursos Naturais do Estado de São Paulo. Livros Publicados: Burocratas e Burocracias (ensaio, SP, Ed. Semente, 1981); Ônibus 307 – Jardim Paraíso (poesia, SP, Muro das Artes, 1983); A Portovelhaca e as Outras (poesia, SP, Paubrasil, 1984). O Seqüestro do Senhor Empresário (romance, SP, Publisher/Limiar, 1998); O Inimigo (contos, Limiar – SP, 2003). Recebeu o Prêmio de Revelação de Autor da APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte e outros. Publicou diversos artigos, contos, crônicas, poemas e resenhas literárias em coletâneas, jornais e revistas.
Esta entrada foi publicada em ESTANTE e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.