Mama, son tanto felice

Luiz Ruffato
Ed. Record

Com este título retirado de uma cançoneta napolitana, o autor Luiz Ruffato nos oferece o primeiro volume da trilogia Inferno Provisório.

O livro apresenta um panorama social de uma pequena cidade da zona da Mata. Da justaposição das histórias mesquinhas e miseráveis de seus personagens surge um quadro pungente da realidade brasileira.

Considerado um dos melhores ficcionistas brasileiros atuais, Luiz Ruffato nasceu em Cataguases (MG) em 1961. E publicou, entre outras: Histórias de remorsos e rancores; Os sobreviventes – que recebeu Menção Especial do Prêmio Casa de las Américas –; e eles eram muitos cavalos, vencedor do Prêmio APCA de melhor romance de 2001 e Prêmio Machado de Assis de Narrativa, da Fundação Biblioteca Nacional.

“Outras Palavras” é o programa de literatura de Levi Bucalem Ferrari na Rádio Cultura Brasil.
Esta entrada foi publicada em ESTANTE e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.