ELAS – AS PIONEIRAS DO BRASIL

Em 1561, a quase totalidade de nossa população era analfabeta, inclusive os ricos e os membros da nobreza. Apenas alguns membros do clero sabiam escrever muito bem. Quanto aos índios e mestiços, então, o que você imagina? Pior ainda. E se fosse uma mulher? Impossível, é o que qualquer um concluiria.

Felizmente estamos enganados, pois naquele ano, 1561, o Padre Manuel da Nóbrega recebeu uma carta de uma mulher pedindo que as crianças escravas, que “se vêem separadas dos pais cativos, sem conhecerem Deus, sem falarem a nossa língua e reduzidas a esqueletos” fossem tratadas com dignidade. A autora era Madalena Caramuru, uma das filhas do português Diogo Álvares Correia, o Caramuru, casado com a índia Paraguaçu, uma história que todos conhecemos e admiramos. Uma mestiça, portanto.

Essas e outras lindas histórias falam sobre a vida dessas mulheres brasileiras que se destacaram em todos os períodos da nossa História e em todos os ramos de atividade. E que, para isso, tiveram que enfrentar os preconceitos e as mais diversas pressões sociais. Tiveram que se esforçar muito mais do que os homens para conseguirem algum reconhecimento social, forjando sua têmpera na luta por seus direitos.

Pelo livro, muito gostoso de ler, desfilam biografias de mulheres como Branca Dias, Bárbara Heliodora, Chica da Silva, Maria Quitéria, Chiquinha Gonzaga, Gilka Machado, Tarsila Amaral e muitas, muitas outras. Vale a pena ler Elas, as pioneiras do Brasil de Hebe Boa Viagem. E, prepare-se para muitas surpresas.

Ouça aqui o programa:

[audio:http://blogs.utopia.org.br/levi/files/outraspalavras_024-hebe-boa-viagem.mp3]
“Outras Palavras” é o programa de literatura de Levi Bucalem Ferrari na Rádio Cultura Brasil.

Sobre levi

Poeta, ficcionista, ensaísta, sociólogo e professor universitário. Presidente da UBE - União Brasileira de Escritores, diretor do Sindicato dos Sociólogos de S. Paulo e Presidente do IPSO - Instituto de Pesquisas e Projetos Sociais e Tecnológicos. Integra a Coordenação do Movimento Humanismo e Democracia e o Conselho de Redação da Revista Novos Rumos. Foi Presidente da ASESP – Associação dos Sociólogos do Estado de São Paulo, Administrador Regional de Santana -Tucuruvi (SP). Coordenador da Proteção dos Recursos Naturais do Estado de São Paulo. Livros Publicados: Burocratas e Burocracias (ensaio, SP, Ed. Semente, 1981); Ônibus 307 – Jardim Paraíso (poesia, SP, Muro das Artes, 1983); A Portovelhaca e as Outras (poesia, SP, Paubrasil, 1984). O Seqüestro do Senhor Empresário (romance, SP, Publisher/Limiar, 1998); O Inimigo (contos, Limiar – SP, 2003). Recebeu o Prêmio de Revelação de Autor da APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte e outros. Publicou diversos artigos, contos, crônicas, poemas e resenhas literárias em coletâneas, jornais e revistas.
Esta entrada foi publicada em ESTANTE e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.