CORPOS

CORPOS: Contos Eróticos
Vários autores
Limiar Editora (2001)

O erotismo visto sob a ótica masculina. A coletânea traz onze contos, revelando o imaginário erótico masculino. Entre os autores estão Moacyr Scliar, Fernando Bonassi, Audálio Dantas, José Arrabal. Mozart Benedito e Marco Frenette. Em Corpos, Levi Bucalem Ferrari participa com o conto Irmãs.

Excerto de “Irmãs”


“A primeira cena que me vem à mente, como uma foto envelhecida, quiçá desfocada, é a de minha irmã debruçada sobre a mesa de madeira tosca, a saia do uniforme do colégio, azul marinho com pregas grandes, erguida até aos quadris emoldurando suas nádegas resplandecentes apesar da precariedade da luz; apenas insinuadas, por enquanto, as reentrâncias e saliências; e seus contornos ora imprecisos, ora nítidos, ao sabor do bruxulear das chamas do lampião a querosene. E os poucos pelos, tão raros quanto claros, mais que seus claros cabelos.

A fotografia se fixa por um largo instante ganhando detalhes, variando em cores, ângulos, luminosidades, a bunda parecendo maior às vezes; às vezes é possível lembrar de seu rosto e da estranha expressão que carregava, transtornada, de quem a um só tempo anseia e teme, vai sentir dor, vai sentir prazer… expressão nova, tornando irreconhecível a face de quem eu julgava até então conhecer todas.

Depois a foto ganha movimento; portanto, já não é foto, mas um filme em câmara lenta, a mão forte, peluda, decidida, ajeita-se autoritária entre a cintura e o quadril, apertando pele e carne, fazendo prever o movimento de puxar o que segura contra o corpo de quem o faz, um homem, mas não, o mesmo de quem eu jamais poderia suspeitar, o último a ter esse direito, o pai de Rodrigo. Como se não bastasse…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *