Carlos Fuentes – Todas as famílias felizes

     O mexicano Carlos Fuentes, um dos mais importantes escritores contemporâneos, faz nestes 16 contos uma leitura cruel da vida privada e pública.

      São diferentes retratos de família e as suas dinâmicas únicas. As tramas têm como cenário a Cidade do México num período que abrange desde meados do século XX, mostrando seu lado ainda tímido e um tanto rural, até os anos 2000, quando assume modernidade e caos típicos de uma megalópole.

     Vida e morte se entretecem em laços que jamais serão rompidos. No conto de abertura, pai, mãe, filho e filha retratam suas relações conflitantes dentro de suas próprias perspectivas.

        Noutro conto, o pai quer que seus quatro filhos tornem-se sacerdotes, mas um deles tem planos muito diferentes. Em “Uma prima sem graça”, uma parente considerada encalhada e assexuada abala um casamento ao mostrar furor sexual e despertar a paixão do dono da casa.

        Já em “Mãe dolorosa”, a mãe do título troca cartas com o assassino de sua filha, buscando uma explicação para tamanha violência.

        Contos para ler e pensar sobre a vida que muitos de nós nos impomos apenas para tornar nossas vidas menos felizes, escritos por um dos maiores mestres da literatura latino-americana.

 

 

“Outras Palavras” é o programa de literatura de Levi Bucalem Ferrari na Rádio Cultura do Brasil.

Sobre levi

Poeta, ficcionista, ensaísta, sociólogo e professor universitário. Presidente da UBE - União Brasileira de Escritores, diretor do Sindicato dos Sociólogos de S. Paulo e Presidente do IPSO - Instituto de Pesquisas e Projetos Sociais e Tecnológicos. Integra a Coordenação do Movimento Humanismo e Democracia e o Conselho de Redação da Revista Novos Rumos. Foi Presidente da ASESP – Associação dos Sociólogos do Estado de São Paulo, Administrador Regional de Santana -Tucuruvi (SP). Coordenador da Proteção dos Recursos Naturais do Estado de São Paulo. Livros Publicados: Burocratas e Burocracias (ensaio, SP, Ed. Semente, 1981); Ônibus 307 – Jardim Paraíso (poesia, SP, Muro das Artes, 1983); A Portovelhaca e as Outras (poesia, SP, Paubrasil, 1984). O Seqüestro do Senhor Empresário (romance, SP, Publisher/Limiar, 1998); O Inimigo (contos, Limiar – SP, 2003). Recebeu o Prêmio de Revelação de Autor da APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte e outros. Publicou diversos artigos, contos, crônicas, poemas e resenhas literárias em coletâneas, jornais e revistas.
Esta entrada foi publicada em ESTANTE e marcada com a tag , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.