Cabeza de Vaca

cabeza de vacaPaulo Markun
Cia. das Letras

Álvar Núñez Cabeza de Vaca foi tão ousado e persistente quanto seus contemporâneos Cristovão Colombo, Fernão de Magalhães, Hernán Cortés e Francisco Pizarro. Teve menos sorte e reconhecimento e por diversas vezes, conseguiu escapar da morte vivendo o suficiente para eternizar sua história singular.

Neto de um grande guerreiro, nosso herói deixou sua casa em Jerez de la Frontera quando adolescente, para lutar na Itália onde foi gravemente ferido. Daí serviu como camareiro de um duque e envolveu-se em incidentes picantes.

Mais tarde embarcou rumo à Flórida, na condição de tesoureiro real. Foi o início de suas mais surpreendentes aventuras: sobreviveu a três naufrágios, curou centenas de índios, atravessou, nu e descalço, parte dos atuais Estados Unidos e México, voltou à Espanha e obteve um cargo como recompensa.

Depois de nova viagem, tomou posse de Santa Catarina, na condição de seu primeiro governador. Mas não sossegou: atravessou a pé o território brasileiro, chegando a Assunção. Dali, partiu novamente em busca de uma serra misteriosa, feita de prata, até ser imobilizado pela malária. Ao retornar, foi deposto por seus opositores. Passou quase um ano numa cela úmida e voltou para casa como traidor e prisioneiro, quando um terrível temporal mudou sua sorte mais uma vez.

Para reconstituir essa história fantástica, o jornalista e escritor Paulo Markun cotejou a obra autobiográfica de Cabeza de Vaca com os depoimentos de mais de uma centena de testemunhas ouvidas em vários processos judiciais na Espanha.

“Outras Palavras” é o programa de literatura de Levi Bucalem Ferrari na Rádio Cultura Brasil.
Esta entrada foi publicada em ESTANTE e marcada com a tag , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.