Jorge Amado – Terras do Sem Fim

Este não é o livro mais conhecido de Jorge Amado, um dos nossos mais queridos escritores que foi durante muito tempo o mais lido e o mais traduzido para outras línguas. Mas é um de seus melhores livros e figura entre os grandes de nossa literatura.

Durante a guerra pela posse da terra na região cacaueira do sul da Bahia, os irmãos Badaró enfrentam o coronel Horácio da Silveira. A luta pela subsistência se entrelaça com intrigas políticas, relações amorosas e crimes passionais.

Dois romances improváveis se destacam em meio aos tiroteios e tocaias: o primeiro é o do jovem advogado Virgílio e Ester, esposa do coronel Horácio, um amor condenado a um desfecho sangrento.  

E o segundo é o de Don’Ana, a valente filha de Sinhô Badaró, e o ‘capitão’ João Magalhães, um embusteiro que se faz passar por engenheiro militar.

Todo o livro é constitui uma página sangrenta da história brasileira elevada à categoria de mito fundador de uma civilização maculada pela cobiça e pela barbárie.

 

 

“Outras Palavras” é o programa de literatura de Levi Bucalem Ferrari na Rádio Cultura do Brasil.

Sobre levi

Poeta, ficcionista, ensaísta, sociólogo e professor universitário. Presidente da UBE - União Brasileira de Escritores, diretor do Sindicato dos Sociólogos de S. Paulo e Presidente do IPSO - Instituto de Pesquisas e Projetos Sociais e Tecnológicos. Integra a Coordenação do Movimento Humanismo e Democracia e o Conselho de Redação da Revista Novos Rumos. Foi Presidente da ASESP – Associação dos Sociólogos do Estado de São Paulo, Administrador Regional de Santana -Tucuruvi (SP). Coordenador da Proteção dos Recursos Naturais do Estado de São Paulo. Livros Publicados: Burocratas e Burocracias (ensaio, SP, Ed. Semente, 1981); Ônibus 307 – Jardim Paraíso (poesia, SP, Muro das Artes, 1983); A Portovelhaca e as Outras (poesia, SP, Paubrasil, 1984). O Seqüestro do Senhor Empresário (romance, SP, Publisher/Limiar, 1998); O Inimigo (contos, Limiar – SP, 2003). Recebeu o Prêmio de Revelação de Autor da APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte e outros. Publicou diversos artigos, contos, crônicas, poemas e resenhas literárias em coletâneas, jornais e revistas.
Esta entrada foi publicada em ESTANTE e marcada com a tag , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 Responses to Jorge Amado – Terras do Sem Fim

  1. These are great articles, I really appriciate your work.

  2. Hello everyone thanks for

    good information.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.