Glossário

Aqui vão alguns termos básicos de palavras utilizadas neste blog relativas à cultura e costumes uruguaios:

Candombe – Ritmo musical gerado por um grupo de tamborileros, é uma tradição dos escravos africanos que chegaram ao país no século 18, e que nos últimos anos se estendeu a todas os grupos étnicos e classes sociais. Em geral, o candombe é executado por três tipos distintos de tambores: tambor piano, tambor chico e tambor repique.

Chimichurri – Molho tradicional no Uruguai e na Argentina, à base de salsinha, alho, vinagre e azeite de oliva para preparar churrasco ou acompanhar outras comidas.

Choclo – O pastel de choclo é uma torta feita à base de milho e carne, também presente na culinária chilena e argentina.

Chorizo – Tipo de linguiça argentina e uruguaia. Quando se fala bife de chorizo, trata-se do miolo do contrafilé, em corte alto e macio.

Murga – Celebração popular que associa teatro e música, integrada por homens mascarados e com seus rostos pintados, que atuam, cantam e dançam ao ritmo de bombo, platillos e redoblante, com humor, sátira, crítica e emoção. A palavra murga é originária da Espanha.

Pancho – Nome pelo qual é chamado o cachorro-quente no Uruguai e na Argentina. No Uruguai, especificamente, é servido com uma salsicha maior que o pão.

Parrillada – Churrasco do Uruguai e da Argentina, feito em grelhas que ficam sobre brasas ou mesmo sobre as chamas. Essas grelhas são chamadas parrillas. Prepara-se com carnes frescas e variadas, especialmente miúdos.

Tannat – Uva originária do sul da França, é adotada no Uruguai, que possui uma extensa área de vinhedos desta casta. Como o nome diz, trata-se de uma uva rica em taninos. O Tannat é a estrela da vinicultura uruguaia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *