Temperos

Condimentos, ervas e especiarias

Açafrão
Estigma da flor do croco. São necessários ¼ de milhão de flores para se extrair 1/2kg de estigma. Usado em pratos de peixe, como a Paella, a Zarsuela e a Bouilabaisse. Usado também em pães, bolos e biscoitos.

Aipo em pó
É utilizado no tempero de saladas de folhas ou legumes. É usado também em molho de tomate, em sopas de legumes, de cebola.

Alecrim (folhas ou em pó)
Erva de sabor acentuado que deve ser usado com discrição em assados, aves, caça, e em especial no assado de cordeiro.

Aniz estrelado
Usado em pratos orientais como porco, pato ou galinha; vegetais e pratos temperados com molho de soja. Use também uma estrela em um bule de chá mate.

Baunilha
É a vagem de uma orquídea trepadeira originária do sul do México. As vagens devem ser castanho escuro, estreitas, compridas, enrugadas, serosas e flexíveis. Coloque as vagens em um recipiente com açúcar e utilize este açúcar para receitas de bolos, pudins e para adoçar leite ou chocolate quente.

Canela (em pó ou casca)
É utilizada em pedaços para aromatizar calda de doces, arroz doce etc. em pó, polvilha-se por cima de bananas, tortas, cremes e arroz doce.

Cardamomo
É usado em bolos, bolachas, licores, café e conservas de arenque. Usa-se também em salas de frutas.

Caril (curry)
É uma mistura de especiarias muito utilizada na Índia. Usado no arroz, em molhos, carnes legumes e frango. Sabor especialmente agradável e marcante. Este condimento é feito à base de pó amarelo de açafrão-da-índia (curcuma), cardamomo, coentro, gengibre, cominho, casca de noz-moscada, cravinho, pimenta e canela. Para além destes ingredientes básicos, outros são incluídos, de acordo com as preferências: alforva, pimenta-de-caiena, cominhos finos, noz-moscada, pimenta-da-jamaica, pimentão e alecrim, entre outros. Existem caris que chegam a levar setenta plantas diferentes. A introdução da palavra caril na língua portuguesa remonta a 1563, data do primeiro registro escrito, tendo tido como origem a língua tâmil. Apesar da sua antiguidade, a forma caril é praticamente desconhecida no Brasil, onde é mais popular a forma inglesa curry (que se origina da palavra em português).

Cerefólio
Uma das ervas essenciais da cozinha francesa. Seu sabor assemelha-se ao da salsa, embora seu aroma lembre o aniz. Usa-se sobre saladas, peixes, omeletes e molhos delicados a base de manteiga e queijo. Em pratos quentes, use-o no final da cozedura para não perder seu aroma e sabor.

Coentro
Usado no tempero de peixes e frutos do mar. Indispensável no tempero de moqueca.

Cominho (grão ou pó)
É usado para molhos, cremes, peixes, legumes e ovos. Ingrediente básico na cozinha nordestina.

Cravo (em flor ou pó)
Em flor é usado em caldas, doces e em pó é usado em pão de mel, bolachas e bolos.

Cúrcuma (Açafrão da Terra)
Raiz de planta da família do gengibre, importada da Índia e da Jamaica. É aplicada na coloração dos alimentos como arroz e caldos.

Dill
Erva muito usada na culinária da Escandinávia, Alemanha, Europa Central e Oriental. Em legumes é usada na batata e no pepino. Use também em queijos cremosos, queijos frescos e omeletes.

Endro
Utilizada para tempero de peixes, choucroutes, sopas, saladas e patês. Entra também na composição de calda de pickles e de frutas em calda.

Erva Doce
Semente muito cultivada no México. Usada em biscoitos, bolos, pães, tortas de frutas, maçãs assadas e calda de doces.

Ervas de Provence
Mistura de alguns tipos de ervas, formulada na França, Região de Provence (daí o nome). Cada família e cada cozinha tem seu segredo quanto as variações e proporções. Use em saladas de verduras e legumes, pratos com ovos, galinha ou peixe. Nos pratos quentes, acrescente somente ao servir, para realçar o sabor.

Estragão
Erva de nobre aroma, sabor fino e penetrante. Muito usado nos pratos da cozinha francesa. Usa-se em saladas, sopas, assados de forno e peixes.

Finas Ervas
Mistura de vários tipos de ervas, dentre elas o tomilho, o alecrim, o louro, a segurelha e alfazema, que dão um sabor especial em omeletes e suflês.

Gengibre em pó
Raiz de sabor e cheiro fortes, mas agradável. Em pó, usamos em biscoitos, cremes e pudins. Entra também no tempero de carnes de porco, aves e peixes.

Gergelim
Semente de uma erva com rico sabor de nozes. Use-as cruas sobre bolachas, bolos e pães, antes de levá-los ao forno. Torradas (em frigideira ou forno) sobre canapés, saladas e arroz.

Hortelã
Tem sabor mais suave que a menta e se presta para chás, saladas, molhos e principalmente em pratos da cozinha do oriente médio. Experimente um molho com limão espremido e hortelã desidratada para regar carne bovina ou suína.

Kümmel
Também conhecido como Alcarávia, semente muito usada na cozinha alemã. Ideal para aromatizar bolos, pães, batatas, cenoura, couve e cogumelos. Use também em carnes gordas, pato e ganso.

Macis
É a lâmina que envolve a noz moscada. Usado em bolos, pudins, cremes, sobremesas, suflês, molhos, sopas e peixes.

Manjerona
Era da família do orégano, com sabor e aroma muito requintados. Entra no final de cozimento de carnes e molhos.

Nós moscada (fruto ou pó)
Usada para vários tipos de molhos e para tempero de frangos, peies e carnes. Não pode faltar no molho Bechamel.

Semente de papoula
Esta semente tem sabor agradável e crocante. É usada em pães, biscoitos e salgadinhos.

Sálvia
Erva muito difundida na cozinha européia. É muito aromática e de sabor levemente azedo. Excelente tempero para carnes de carneiro, cabrito e aves.

Segurelha
Erva de sabor acentuado que lembra a combinação do orégano com a menta. Ideal para ser usada em saladas, tempero de carnes e sobre vegetais cruz e cozidos. Erva tipicamente mediterrânea.

Tomilho
Lembra muito o sabor e o aroma do orégano, porém é mais leve e digestivo. É usado em sopas, aves, saladas e pratos à base de tomate em geral.

Zattar
É uma mistura de ervas, especiarias e condimentos devidamente pilados. É usado na cobertura do queijo Shanclish. Use para colocar sobre queijos brancos ou apenas misturado com azeite para ser comido com pão.

Zimbro
Fruto de um pequeno arbusto, de sabor aromático picante. Pode ser usado no tempero de carne e para aromatizar bebidas como a genebra e outros Spirits nos Países Baixos e Alemanha. Usado também em charcutaria.

3 ideias sobre “Temperos”

  1. Na verdade tire-me uma dúvida, tomilho eu posso usar em carne vermelha?
    Obrigada se puder me retornar.

  2. Olá Ivani,

    O tomilho pode ser usado sem problema algum em carnes vermelhas, molhos à base de tomate etc… seu sabor mais delicado do que o oregano lhe confere uma vasta utilização culiária. Porcure usar sempre fresco.

    Abraços
    Zezé

  3. Gostaria de saber mais informações sobre o Zattar, ingredientes que compoem essa deliciosa mistura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receitas testadas da Zezé Pina