Arquivo da tag: peixe

Sardinhas na panela de pressão

Sardinhas na panela de pressão

Ingredientes:
1 kg de sardinhas fresca (fechada, limpa e sem cabeça)
1/2 xícara (chá) de óleo
1/2 xícara (chá) de azeite
1 copo (200 ml) de vinagre
1 xícara (chá) de água
8 tomates maduros em fatias
3 cebolas médias fatiadas em anéis
2 dentes de alho fatiados (bem fininhos)
3 raminhos de salsa
sal q.b
pimenta-do-reino q.b
ervas finas q.b (opcional)

Modo de Preparo:
Em uma panela de pressão coloque uma camada de tomate fatiado, uma camada de anéis de cebola, uma camada de sardinha, salpique os temperos e volte a repetir as camadas.

Coloque o vinagre com o sal e a água já misturado na panela, ponha o óleo e o azeite.

Tampe a panela e ligue em fogo alto até pegar pressão. Depois abaixe o fogo e deixe cozinhar por 1 hora aproximadamente. Desligue o fogo e só abra a panela quando estiver bem fria. Coloque em uma vasilha e leve à geladeira.

Dica: Você pode temperar as sardinhas com sal e deixar tomando gosto, nesse caso não é necessário adicionar sal ao vinagre. Você pode usar uma xícara (chá) de óleo, dispensando o azeite.

Bacalhau à Zé do Pipo

Ingredientes:
4 postas de 200g cada de lombo de bacalhau
1 litro de leite
2 cebolas medias às rodelas
4 colheres (sopa) de azeite
1 folha de louro
1 dente de alho
purê de batata suficiente para fazer uma camada sob o bacalhau
maionese suficiente para fazer uma camada sobre acebola
sal, se necessário
pimenta do reino q.b.
azeite q.b.
azeitonas pretas q.b.

Modo de preparo:
Dessalgue o bacalhau, retire pele e espinhas, cozinhe-o no leite (10 minutos, aproximadamente). Em uma frigideira, refogue a cebola com o azeite, o louro, a pimenta, o alho e um pouco de leite, não use o leite do cozimento do bacalhau. Corrija o sal. Escorra o bacalhau e faça lascas.

Em um refratário, coloque o purê, depois o bacalhau em lascas e cubra com a cebolada. Coloque a maionese sobre tudo e leve ao forno para gratinar Retire do forno e sirva quente, decorado com azeitonas pretas.

Bacalhau com molho branco

Bacalhau com molho branco

Ingredientes:
700 g de bacalhau
1 kg de batatas
4 ovos cozidos
200 g de azeitonas pretas fatiadas
2 colheres (sopa) de salsinha picada
1 colher (sopa) de margarina ou manteiga
colorau (q.b.)
pimenta-do-reino (q.b.)
azeite (q.b.)

Modo de preparo:
Fazendo com que a torneira permaneça pingando na tigela deixe o bacalhau de molho por pelo menos 8 horas. Cozinhe-o conforme a regra (apenas em água) e, assim que lhe puder pôr as mãos, faça lascas retirando as espinhas e peles. Reserve.

Frite as batatas às rodelas, não muito grossas, retire do fogo assim que começarem a ficar loiras. Reserve.

Tempere o bacalhau, já em lascas, com o colorau, a pimenta do reino, a salsinha, as azeitonas e o azeite. Reserve.

Numa forma refratária untada, vá formando camadas da seguinte maneira: batatas, bacalhau (já temperado) e fatias de ovos cozidos, até que os ingredientes terminem. Faça com que a última camada seja de batatas fritas.

Regue com molho branco e leve ao forno para gratinar com pedacinhos de margarina ou manteiga espalhados por cima. Tome cuidado para não passar do ponto, pois poderá ficar muito seco. Caso queira, pode polvilhar pão ralado (farinha de rosca) por cima.

Dica: Prato único e simples de fazer, acompanhado por uma saladinha verde e um bom vinho tinto, era usado por minha mãe quando queria impressionar os convidados.

Moqueca luso-capixaba

Ingredientes:
1 kg de filés de bacalhau, badejo ou robalo com cerca de 1,5 cm de espessura
1 kg de tomates bem vermelhos (firmes)
2 maços de coentro
1 maço de salsinha
2 maços de cebolinha verde
suco de limão
sementes de urucum fervidas no azeite ou colorau
1 pimenta malagueta picadinha (opcional)
sal (q.b.)
azeite (q.b.)

Modo de preparo:
Tempere os filés de bacalhau fresco (postas de robalo ou badejo) com sal e limão. Em uma legítima panela de barro capixaba tipo rasa, com tampa, coloque os tomates cortados com pele e caroços. Adicione o suco de um limão, uma pitada de sal, um maço de coentro picadinho, salsa e cebolinha picadas e adicione o azeite previamente fervido com o urucum (separando as sementes) ou o colorau. Deixe ferver até o tomate ficar macio. Adicione os filés de peixe, sem superpô-los para que não se desmanchem na hora de servir. Mergulhe o peixe no molho bem quente e regue fartamente com o azeite. Adicione o suco de meio limão e prove, corrigindo o sal. O peixe deve cozinhar por 15 minutos com a panela tampada sem mexer. Enfeite com o resto do coentro picado e sirva na própria panela, ainda fervendo.

Dicas: Se quiser preparar moqueca com molho de camarão, cozinhe camarão descascado junto com o peixe. Da mesma forma, pode-se preparar moqueca de lagosta, camarão ou marisco. A legítima moqueca capixaba não leva cebolas. Algumas pessoas gostam de usar cebola picadinha. Acompanhe com pirão e arroz branco.

Bacalhau à aragonesa

Ingredientes:
2k de batatas
600 g de bacalhau
2 cebolas picadas
2 dentes de alho
1 pimentão vermelho (picado muito fininho)
1 cenoura média (picada muito fininha)
6 ramos de salsinha
2 folhas de louro
2 ovos cozidos fatiados
1 colher (chá) de colorau
1 colher (chá) de pimenta-do-reino
3 gemas batidas
azeite q.b.
queijo tipo parmesão q.b
farinha de rosca q.b.

Modo de preparo:
Coza o bacalhau bem dessalgado e as batatas; depois destas cozidas, deixar esfriar. Refogue no azeite a cebola, pimentão, cenoura, alho, louro, salsinha; tempere com colorau e a pimenta do reino Deixe que os legumes fiquem bem murchos e reserve.

Corte as batatas em rodelas não muito finas e lasque o bacalhau.

Numa travessa de ir ao forno, arrume em camadas as batatas, o bacalhau e regue com o refogado. Termine com uma camada de batatas, sobre a qual se põe, além do refogado, as gemas batidas, o queijo e a farinha de rosca. Leve ao forno para aloirar. Antes de servir decore com os ovos cozidos fatiados.

Dica: Como este bacalhau é lascado depois de cozido, você pode usar pedaços menos nobres. Caso queira um toque especial, minutos antes de retirar o refogado do fogo acrescente uma colher (chá) de estragão. Coloque pedacinhos de margarina sobre o pão ralado antes de ir ao forno.

Hambúrguer de peixe da Cláudia

Ingredientes:
1/2 kg de cação
1 e 1/2 xícara de chá de leite
1 envelope de sopa creme de cebola
6 colheres de sopa de farinha de trigo
1 ovo ligeiramente batido
1 xícara (chá) de salsinha picadinha
1 cebola média ralada
1/2 xícara de chá de queijo tipo parmesão
pimenta-do-reino q.b.
1 xícara de chá de farinha de rosca

Modo de preparo:
Cozinhe o peixe no leite por cerca de 20 minutos. Retire do fogo e amasse com um garfo. Adicione o creme de cebola, misture e leve ao fogo por 5 minutos.

Coloque em uma tigela e junte a farinha, o ovo, a salsinha, a cebola, o queijo e a pimenta e misture bem. Deixe descansar por 20 minutos na geladeira.

Modele os hambúrgueres, passe na farinha de rosca e frite ou asse em forno médio alto (200°C) até que estejam douradinhos.

Dica: Acompanhe com vagens refogadas no azeite com alho e salpicadas com hortelã fresca picadinha e uma salada verde. Regue com um molho feito da seguinte maneira: ferva ½ xícara (chá) de creme de leite fresco com duas colheres de sopa de mostarda dijon com cassis (Edmond Fallot achada em bons supermercados). Deixe apurar.

Bolinhos de bacalhau à moda da minha mãe

Ingredientes:
1kg de bacalhau
700g de batatas cozidas e espremidas
1 ½ xícara (chá) de salsinha bem picadinha
4 gemas
4 claras em neve
1 colher (chá) de pimenta-do-reino
1 colher (chá) de colorau
1 dente de alho muito bem picadinho
1 colher (sobremesa) de fermento em pó
sal q.b.
óleo para fritura q.b.

Modo de preparo:
Deixe o bacalhau de molho por 24 horas, trocando-lhe a água pelo menos 5 vezes. Cozinhe o bacalhau em água sem sal. Assim que esteja cozido, tire-lhe as espinhas e as peles, e desfie-o muito bem. Junte as batatas já espremidas, a salsinha, as gemas ligeiramente batidas, a pimenta-do-reino, o colorau e o alho picadinho. Misture muito bem até obter uma massa homogênea. Prove e veja se há necessidade de acrescentar sal.

Junte o fermento e as claras batidas em neve. Envolva muito bem, mas delicadamente. Deixe descansar por aproximadamente 20 minutos. Coloque o óleo para aquecer em frigideira funda, de maneira que os bolinhos fiquem imersos no óleo durante a fritura.

Os bolinhos são moldados, com a ajuda de duas colheres de sopa, na hora de serem fritos, da seguinte maneira: com uma das colheres, apanhe na tigela a quantidade de massa que a encha; em seguida, modele o bolinho passando a massa de uma colher para a outra até obter um formato oval; deixe-o cair diretamente na frigideira, deixe dourar e retire para uma travessa forrada com papel absorvente para sair o excesso de óleo.

Dica: Se achar que a massa precisa de mais consistência, junte uma ou duas colheres de farinha de trigo. Use apenas o lombo do bacalhau para fazer os bolinhos. Em Portugal chamam-se “pastéis” de bacalhau.

Ouça o podcast desta receita:
[audio:http://blogs.utopia.org.br/panela/files/bolinhos-de-bacalhau.mp3]

Bacalhau espiritual

Receita de Filomena Moura.

Ingredientes:
1k de bacalhau demolhado
700g de batatas
500g de cenouras
2 cebolas picadinhas
2 pãezinhos franceses (de preferência amanhecidos)
1 ½ xícara (chá) de leite
60g de manteiga
2 colheres de sopa de azeite
1 lata de creme de leite
queijo ralado q.b.
sal e noz-moscada q.b.

Modo de preparo:
Coza o bacalhau, as batatas e as cenouras. Desfie o bacalhau (já cozido) e reserve. Passe as batatas e as cenouras pelo espremedor. Leve a cebola ao fogo com o azeite e a manteiga, e logo que esteja mole junte o purê de batatas e cenouras, e o pão demolhado no leite a ferver. Misture bem e retire do fogo. Junte, então, o bacalhau e tempere com noz-moscada. Coloque essa mistura numa travessa de forno, polvilhe com queijo ralado, por cima espalhe o creme de leite ligeiramente batido e volte a polvilhar com queijo. Leve ao formo para gratinar.

Bacalhau à moda de Belmonte

Ingredientes:
500 g de bacalhau desfiado e dessado
1 kg de batata frita em palito
150 g de azeitonas pretas fatiadas
½ litro de leite
2 cebolas grandes em rodelas
2 dentes de alho picadinhos
2 colheres de sopa de farinha Maizena
3 ovos cozidos
1 colher de chá de pimenta do reino
1 colher de chá de açafrão da terra
1 colher de chá de colorau
1 colher de chá de estragão
½ maço de salsinha picadinho
azeite (q.b.)
óleo (q.b.)

Modo de preparo:
Numa panela grande, aqueça o azeite, ponha a cebola e o alho, deixe que a cebola amoleça, acrescente os temperos, refogue por pouco tempo. Nesse refogado, ponha o bacalhau e cozinhe, acrescentando água quando necessário. Frite as batatas e reserve.

Quando o bacalhau estiver cozido, deixe reduzir ligeiramente a água. Com o fogão desligado, junte os ovos picados, as azeitonas fatiadas e o leite com a Maizena já dissolvida, mexa muito bem e leve ao fogo até que a Maizena engrosse.

Ponha as batatas num refratário e acrescente o molho. Envolva lentamente as batatas com o molho e leve ao forno somente para dar uma pequena douradinha, o ideal será levar o bacalhau ao forno minutos antes de servi-lo.

Dica: Para ser mais rapidinho use um pacote de batatas semi-prontas.

Peixe à Carolina

Foto de Zezé Pina

O açafrão é pelo menos tão antigo como a escrita, conforme consta de registos de tempos muito anteriores à nossa era. Da China ao Egito, da Grécia a Roma, o açafrão sempre foi apreciado pelo seu aroma requintado e propriedades medicinais. Talvez por isso não deva estranhar-se que esta especiaria seja a mais cara do mundo. Confunde-se frequentemente açafrão com curcuma, ou açafrão da terra, produto que se popularizou nos últimos 30 anos, à venda em todos os supermercados por um preço irrisório, quando comparado com o do açafrão.

Ingredientes:
8 filés de pescada branca
1 xícara (chá) de vinho branco seco
½ xícara (chá) de água
1½ xícara (chá) de creme de leite fresco (light se possível)
1 cebola média ralada
2 dentes de alho picados
4 colheres (sopa) de salsinha bem picada
1 colher (café) de pimenta-do-reino
1 colher (café) de tominho
1 colher (café) de mostarda em pó (opcional)
1 colher (café) de estragão
1 colher (café) de açafrão da terra
sal q.b.
queijo ralado tipo parmesão q.b.
azeite para regar

Modo de preparo:
Num pirex, ponha o vinho, a cebola, o alho, a salsinha e os demais temperos. Misture. Coloque a água, regue com azeite (não use mais de 1½ colher de sopa), volte a misturar muito bem e mergulhe os filés de pescada. Deixe marinar por, no mínimo, 2 horas. Leve ao forno até que os filés estejam cozidos e o molho tenha reduzido. Retire do forno e regue com o creme de leite fresco. Bata levemente o pirex na mesa para que o creme de leite fresco se incorpore ao molho da cozedura, salpique queijo ralado e leve a gratinar até obter um leve dourado. Retire do forno, salpique o restante da salsinha e sirva acompanhado de arroz de açafrão ou batatas cozidas.

Ouça o podcast desta receita:
[audio:http://blogs.utopia.org.br/panela/files/peixe-a-carolina.mp3]