Luiz Alberto Moniz Bandeira – Presença dos Estados Unidos no Brasil

Quando lançou, em agosto de 1973, a primeira edição de PRESENÇA DOS ESTADOS UNIDOS NO BRASIL, o autor, Luiz Alberto Moniz Bandeira, estava na prisão, no Rio de Janeiro, acusado de subversão. Eram os anos de chumbo da ditadura militar. ***Mesmo assim, o livro se tornou um best seller e causou repercussão. Inclusive nos meios militares, apesar de o golpe de 1964 ter contado com o respaldo dos EUA.

Nesta edição, revista e ampliada, o autor faz o mais completo balanço das relações entre o Brasil e os Estados Unidos, mostrando como têm sido alternadamente amistosas e conflitantes. Revela fatos e aspectos até pouco tempo desconhecidos ou abafados da presença estadunidense em território brasileiro.

Abarcando o tempo histórico que vai de Brasil Colônia e Brasil Império até o Brasil República, chega à era Vargas e à queda de João Goulart.

Com base em vastíssima documentação, o autor demonstra que as relações entre os Estados Unidos e o Brasil não foram tradicionalmente tranqüilas.

O governo imperial suspendeu três vezes as relações diplomáticas com os Estados Unidos. Por volta de 1849-1854, os dois países quase entraram em guerra por causa da Amazônia. E durante a Guerra do Paraguai, os Estados Unidos respaldaram o ditador Solano López, favorecendo o Paraguai contra o Brasil.

 

 

“Outras Palavras” é o programa de literatura de Levi Bucalem Ferrari na Rádio Cultura Brasil.

Sobre levi

Poeta, ficcionista, ensaísta, sociólogo e professor universitário. Presidente da UBE - União Brasileira de Escritores, diretor do Sindicato dos Sociólogos de S. Paulo e Presidente do IPSO - Instituto de Pesquisas e Projetos Sociais e Tecnológicos. Integra a Coordenação do Movimento Humanismo e Democracia e o Conselho de Redação da Revista Novos Rumos. Foi Presidente da ASESP – Associação dos Sociólogos do Estado de São Paulo, Administrador Regional de Santana -Tucuruvi (SP). Coordenador da Proteção dos Recursos Naturais do Estado de São Paulo. Livros Publicados: Burocratas e Burocracias (ensaio, SP, Ed. Semente, 1981); Ônibus 307 – Jardim Paraíso (poesia, SP, Muro das Artes, 1983); A Portovelhaca e as Outras (poesia, SP, Paubrasil, 1984). O Seqüestro do Senhor Empresário (romance, SP, Publisher/Limiar, 1998); O Inimigo (contos, Limiar – SP, 2003). Recebeu o Prêmio de Revelação de Autor da APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte e outros. Publicou diversos artigos, contos, crônicas, poemas e resenhas literárias em coletâneas, jornais e revistas.
Esta entrada foi publicada em ESTANTE e marcada com a tag , , , , , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.